O orgulho de Nabucodonosor

· 0 comentários

       Foi Rei da Babilônia, um lider que se jugou capaz de ganhar mais cooperação do povo Conquistado, permitindo que ese conservasem seus deuses, e muitas vezes os adorava.
   Mas ao Conquistar a pequena  nação de Judá, encontrou-se com um Deus que exigia toda honra, glória e adoração para ele somente.
   Esse é o "DEUS DE ISRAEL".
   Durante muito tempo na vida de Nabucodonosor, após esse encontro Deus Provou a esse rei que tinha toda a autoridade e que ele era maior que tudo. Mas Nabucodonosor por sua vaidade e ganância nao dava ouvidos a voz do senhor. Considerava se um deus. Seu orgulho se engrandeceu tanto que ele esqueceu que existia Deus maior que ele, e tentou ser maior do que ele, chegando ao ponto de construir uma estátua de ouro para que o adoracem, e quem não adorace seria lançado na fornalha. (Daniel Capitulo 3).
   Deus porem o derrubou de seu trono, e o fez ser molhado do orvalho, e comer da erva do campo como os animais, e por ele passa-se 7 tempos até que ele reconhece que Deus é o único Deus o Deus de Israel.
   Assim não devemos cometer o mesmo erro que Nabucodonosor, Não devemos nos orgulhar de nada pois tudo que fazemos é para a gloria de Deus.
   Olhar altivo e coração orgulhoso, tal lâmpada dos ímpios é pecado. Pv 21;4.
   Devemos ser humildes em tudo que fazemos, pois se temos capacidade de  realizar algo, é porque Deus nos ajudou.
   Tudo devemos a Deus.

Centurião de Cafarnaum

· 2 comentários



Tema: Mateus 8:5
Características:

  • Centurião Romano;
  • Homem de autoridade;
  • Comanda homens
  • Sendo homem de autoridade buscou a Jesus a procura do milagre; 
  • Milagre: A cura de seu criado que se encontrava paralítico e atormentado;
CONTEXTO:
   Este centurião chegou a Jesus e rogou-lhe (suplicou), dizendo que seu criado estava em casa, paralítico e violentamente atormentado. Jesus disse-lhe que iria a sua casa, mas prossegue o centurião dizendo: "Senhor não sou digno que entres debaixo do meu telhado, e dize somente uma palavra e o meu criado à de sarar. Pois também sou homem sob autoridade, e tenho soldados as minhas ordens, e digo a este vai, ele vai; a outro vem, ele vem; e ao meu criado faze isto, e ele o faz" Mateus 8:8-9.
   E Jesus maravilhou-se e disse: "Em verdade vos digo que nem mesmo em Israel encontrei tanta fé". Mateus 8:10.

CONCLUSÃO:

  • O centurião conseguiu conquistar o milagre (receber o milagre);
  • Requisitos:
  1. Apesar de ser uma autoridade se humilhou diante de Jesus;
  2. Sendo autoridade reconheceu que Jesus é a autoridade maior; 
  3. Percebeu que apesar de tudo que havia conquistado, sem Jesus não valia nada; 
Autor:  Jonas da S. Gonçalves.
www.jonas-oservodedeus.blogspot.com

Tatuagens e Piercing Pecado ou não?

· 2 comentários

   Este é um assunto no qual fui questionado por jovens e adultos, o uso de tatuagens e piercing. Me perguntam se é pecado e o que a Biblia diz sobre o assunto. Vamos então entender um pouco.
   "Não fareis lacerações na vossa carne pelos mortos; nem no vosso corpo imprimeis qualquer marca. Eu sou o Senhor". LV 19:28.
   Portanto a vontade de Deus está Clara e objetiva, a ordem de Deus é para que cuidemos de nosso corpo, não se contaminando com as coisas do mundo. Quando ele diz: "...nem no vosso corpo imprimeis qualquer marca..." esta se referindo ao uso de tatuagens.
   Mas qual o motivo para Deus não permitir esse uso?
   No livro de Gênesis 1:26;27 Diz:
   "E disse Deus: Façamos o homem a nossa imagem, conforme a nossa semelhança... Criou, pois, Deus o homem a sua imagem, à imegem de Deus o criou, homem e mulher os criou".
   Então o motivo pelo qual Deus não aceita o uso de tatuagem ou piercing, é que somos a imagem e semelhança de Deus, se mancharmos nossa imagem ou nosso corpo com coisas imundas, estariamos tambem transgredindo fazendo o mesmo com a imagem de Deus.
   Deus ainda adiverte: "Sereis santos, porque eu, o senhor vosso Deus, sou santo". LV19:2.
   Portanto se somos a imagem e semelhança de Deus, devemos ser santos e andar em santidade, porque Deus é santo.

Escrito por Jonas da S. Gonçalves.

Pentateuco

· 1 comentários

Do grego, "os cinco rolos", o pentateuco é composto pelos cinco primeiros livros da Bíblia. Entre os judeus é chamado de Torá, uma palavra da língua hebraica com significado associado ao ensinamento, instrução, ou especialmente Lei, uma referência à primeira seção do Tanakh, os primeiros cinco livros da Bíblia Hebraica, atribuído a Moisés. Os judeus também usam a palavra Torá num sentido mais amplo, para referir o ensinamento judeu através da história como um todo. Neste sentido, o termo abrange todo o Tanakh, o Mishnah, o Talmud e a literatura midrash. Em seu sentido mais amplo, os judeus usam a palavra Torá para referir-se a todo e qualquer tipo de ensino ou filosofia.


Livros do Pentateuco
Génesis
Êxodo 
Levítico
Números
Deuteronômio 

Siga-nos por E-mail

Parceiro

Seja um de Nós!

Mais Lidas